domingo, 27 de dezembro de 2009

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Actividade sobre Alimentação realizada na Escola do 1º Ciclo de Ribeira de Frades

No dia 14 de Novembro, a Professora Bibliotecária realizou uma actividade no
1.º CEB da Ribeira de Frades no âmbito do Projecto "Escola Promotora de Saúde". Os alunos Beatriz Fonseca e Rui Pancas, do 7º Ano da Turma A apresentaram uma pequena dramatização, tendo como ponto de partida o livro de Lauren Child, " Eu nunca na vida comerei tomate".

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Quem está no telhado

Quem está no telhado?
E um gato assanhado.
Quem está na janela?
É uma pata amarela.
Quem está no poço?
É o Pedro a comer tremoço?
Quem está no jardim?
É a Joana a comer pudim.
Quem está na piscina?
É o João a tocar concertina.
Quem está na cama?
É a Maria de pijama.
Quem está no berço?
É a Beatriz com um terço.
Quem está no carro?
É o Pedro chateado!

Pedro Carmo
3º Ano – Turma D EB1 Ribeira de Frades

Poesia

Poesia
O presente

Vamos dar um presente,
Mas a quem será?
Achas que é um pente,
Se calhar a uma pessoa má!

Vamo-lo abrir,
Estou muito curiosa!
Vai nos fazer rir
Será uma coisa espantosa?

É um palhaço,
É muito engraçado.
Tem um laço,
Mas é um pouco malhado.

Ele fugiu,
Vamos atrás dele
Ouvi-o a rigir,
É ele!


Até é carinhoso,
E muito brincalhão.
É amoroso,
Mas muito trapalhão!

Gosta de pão,
E de feijão.
É muito ralhão,
E um espertalhão!

Os animais

Os animais
Os animais são queridos,
Não os podemos abandonar.
São muito amigos,
Eles podem chorar.

Vamos dar-lhes uma casa,
Eles vão ficar felizes.
Dá-lhes uma asa,
Já não vai haver crise.

Dá-lhes comida,
E um cobertor.
És uma boa amiga,
Os animais querem amor!

Estão com frio,
Andaram á chuva.
Se calhar caíram ao rio,
Querem uma uva?
Maria Inês de Azevedo
EB1 Ribeira de Frades
Turma D – 4º Ano

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

De volta...

Caros leitores,
Prontos para um novo ano?
Esperemos que sim! A Equipa da Biblioteca deseja-vos boa sorte e um bom começo!

Entrem com o pé direito!

sexta-feira, 3 de julho de 2009

A Escola Básica de Taveiro foi distinguida no âmbito do concurso "A Nossa escola Pela Não Violência". O prémio - melhor projecto multimédia - incidiu sobre um conjunto de filmes que procuram sensibilizar para a problemática da violência nas relações afectivas em particular da violência no namoro.
O trabalho foi realizado pelo 8.º B no âmbito da Área Projecto.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

JISBLOGUE | O Blogue dos Jardins de Infância

JISBLOGUE - O Blogue dos Jardins de Infância!


O dia 6 de Maio foi muito especial para todos os Jardins de Infância do Agrupamento de Escolas de Taveiro! Realizou-se uma pequena (In)Formação sobre a construção e manutenção de Blogues, destinada às Educadoras de Infânia. A partir de agora, os trabalhos e as actividades realizadas pelas nossas crianças poderão ser colocados neste espaço de partilha.


Ainda está no início, mas não é sempre assim que tudo começa?

terça-feira, 5 de maio de 2009

5 de Maio | Inauguração da Exposição Comemorativa dos 900 Anos do Nascimento de D. Afonso | Encontro com a escritora Isabel Alçada

Estas são as fotografias que faltavam! Por motivos técnicos, não nos foi possível colocá-las ordenadamente na mensagem, mas não é difícil adivinhar a sua localização!

5 de Maio de 2009 !


Foi o dia da Inauguração da Exposição Comemorativa dos 900 Anos do Nascimento de D. Afonso Henriques. Esteve presente a Dr.ª Isabel Alçada, a nossa convidada, que foi recebida pelo Sr. Vereador da Cultura - Dr. Mário Nunes, pela Directora da Biblioteca – Dr.ª Maria José Miranda e pela Bibliotecária - Dr. ª Lurdes Branco.

Os Jardins de Infância de Taveiro e Arzila, as Escolas do 1º CEB de Taveiro, Ribeira de Frades, de Arzila, do Ameal e as turmas do 5ºano da Escola Básica dos 2º e 3ºCiclos do nosso Agrupamento colaboraram activa e entusiasticamente nesta mostra com trabalhos muito diversificados: desenhos, cartazes, poesias, esculturas, figuras em sabão, uma instalação plástica (esculturas em metal sobre a bandeira da nação), castelos e um painel que ilustravam os diferentes Olhares sobre o Conquistador!

Esta exposição estará patente até ao final deste mês e espera a visita de muitos alunos, professores, pais e familiares dos alunos que tanto trabalharam para a concretização deste projecto!


A comemoração dos 900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques é uma iniciativa do Grupo de Trabalho Concelhio da Rede de Bibliotecas Escolares (do qual o nosso Agrupamento de Escolas faz parte) e do SABE (Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares) da Biblioteca Municipal de Coimbra.
Está ainda agendado um Ciclo de Conferências "memória, identidade, nacionalidade": no dia 7 de Maio, às 14.30h, com a Profª. Drª. Eugénia Cunha e no dia 26 de Maio, às 15.00h, com o Prof. Dr. Pacheco Pereira, ambas no Salão Nobre da Câmara Municipal.

Tratam-se de sessões abertas ao público.

Os nossos valorosos participantes no Encontro com a escritora Isabel Alçada são
alunos das turmas C e D do 7º Ano e estão prestes a entrar na Casa Municipal da Cultura!

Seguiu-se o Encontro com a escritora Isabel Alçada, iniciado com duas peças dos compositores Scarlatti e Bach, interpretadas por Inês Pereira, da Escola Secundária c/ 3º Ciclo da Quinta das Flores e a encenação de um texto original alusivo a D. Afonso Henriques por alunos da EB 2/3 Rainha Santa Isabel.

As turmas C e D do 7º ano apresentaram três livros da autora: o Cláudio apresentou a obra “Uma Aventura no alto mar”, o André expressou a sua opinião sobre "Uma Aventura no Caminho do Javali" e cinco alunos comentaram e leram uma passagem do livro “Quero ser actor”. Ofereceram ainda um cartaz com a caricatura e quadras endereçadas à autora convidada. Foi também a nossa escola que decorou a parede situada atrás do piano com uma árvore verde e fresquinha onde foram colocadas as capas de livros escolhidos por estas turmas.







quinta-feira, 26 de março de 2009

sábado, 28 de fevereiro de 2009

PNL | Blogue Inês de Castro

A Escola EB 2,3 de Taveiro aceitou o desafio lançado pelo Plano Nacional de Leitura e pela Fundação Inês de Castro e concorre, através do seu blogue Lágrimas de Paixão ao Concurso Inês de Castro. Para desenvolver esta projecto, contou com a participação de sete alunos da nossa escola.. Os materiais apresentados foram o resultado das pesquisas que esta equipa tem entusiasticamente realizado desde Janeiro - estão todos de parabéns! Os professores Dilma Rasteiro e Paulo Martins orientaram os alunos, tendo a Equipa da Biblioteca coordenado as actividades.

Aqui está a primeira mensagem da equipa participante:

"Bem-Vindos
Olá...Este blogue é um dos participantes do concurso D.Pedro e D. Inês de Castro.Esperamos que sigam os nossos passos e gostem da nossa página.
Os mais sinceros cumprimentos
Equipa Lágrimas de Paixão"

Placard de Fevereiro

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Charles Darwin - 12 de Fevereiro - Bicentenário do Nascimento




Charles Darwin
(Shewsbury, Shropshire, 1809 - Down, Kent, 1882)






Nascido de uma família abastada, Darwin recebeu educação nas melhores instituições de seu tempo, posteriormente estudando medicina na Universidade de Edimburgo. Abandonou o curso de medicina dois anos após sua entrada na universidade. Mais tarde entrou para a Universidade de Cambridge, de 1828 a 1831. Lá entrou em contato com duas personalidades que influenciaram sobremaneira suas posteriores pesquisas: conheceu o geólogo Adam Sedwick e o estudioso de Botânica John Henslow. Este último convenceu-o a partir numa viagem à expedição científica a bordo do Beagle, que durou cinco anos. Nesta viagem, Darwin passou a recolher inúmeros espécimes da vida terrestre e marítima, formando a sua colecção naturalista, tendo sido já instruído por Henslow e Sedwick na observação científica dos fenómenos do mundo natural e na observação dos resíduos da história terrestre. Acumula assim, observações práticas e modifica os postulados teóricos básicos da ciência biológica da época.
Aos 27 anos, de regresso a Inglaterra, decide dedicar a sua vida à ciência. Em 1842, com a herança paterna, retira-se para uma casa no campo, onde vive consagrado ao estudo até à morte.
No estudo A Origem das Espécies formula a teoria da evolução dos seres vivos mediante uma selecção natural que favorece nos indivíduos variações úteis na luta pela existência; estas variações transmitem-se, reforçadas, aos descendentes.

Charles Darwin formula a doutrina evolucionista, segundo a qual as espécies procedem umas das outras por evolução. Em virtude da selecção natural sobrevivem os indivíduos e as espécies melhor adaptados. Estas ideias revolucionam as concepções biológicas da sua época.
A esta obra segue-se A Origem do Homem, em que aprofunda a sua teoria sobre a descendência do homem e do macaco de um antepassado comum. Por formular estas ideias vê-se violentamente combatido pelas mais diversas correntes religiosas, que vêm no homem a imagem de Deus. Consequentemente, em redor do pensamento de Darwin cristalizam as polémicas vitorianas sobre a natureza social, metafísica e fisiológica do homem.
O impacto desta obra é imediato e sensacional. O público culto já está introduzido na concepção da evolução, mas o facto de um cientista respeitado contribuir com tal quantidade de evidências para provar esta ideia revolucionária convence um grande número de cientistas importantes, de modo que, por muitos oponentes que tenha, a opinião geral torna-se favorável. Darwin tem uma influência decisiva sobre a literatura da segunda metade do século xix e contribui involuntariamente para o advento do naturalismo literário.

Adaptado de http://www.vidaslusofonas.pt/charles_darwin.htm


Visita a exposição comemorativa do nascimento e da publicação do livro “A origem das espécies” que mudou para sempre a forma como vemos o mundo.
É em Coimbra! Fácil, não é?

in http://www.uc.pt/bguc/novidades_exposicoes/CharlesDarwin


Visita o site da Fundação Calouste Gulbenkian e conhece as actividade e concursos que estão a decorrer!


http://www.gulbenkian.pt/darwin/home.html

10 de Fevereiro | Europa celebra o Dia Europeu da Internet Segura

Europa celebra o Dia Europeu da Internet Segura - 10 de Fevereiro
Assiste às duas transmissões em directo, via Internet

Realiza-se hoje, 10 de Fevereiro de 2009, o Dia Europeu da Internet Segura. Este evento é organizado a nível Europeu pelo Insafe, rede de cooperação dos projectos que promovem a sensibilização e a consciencialização para uma utilização mais segura da Internet pelos cidadãos.

A nível nacional, desde 2007 que o projecto Internet Segura se junta aos restantes países que integram a rede Insafe e promove um conjunto de actividades com vista à promoção de uma navegação segura e crítica por parte dos cidadãos.

Ao nível europeu, Viviane Reding, Comissária Europeia para a Sociedade da Informação e Media, vai proceder à entrega de prémios aos vencedores do passatempo SID 2009 Quiz.

Será ainda assinado um protocolo com os parceiros privados envolvidos no fenómeno das comunidades virtuais, no qual se comprometem a maximizar as potencialidades da Internet junto dos seus utilizadores ao mesmo tempo que garantem um maior controlo na prevenção de potenciais riscos para as crianças e jovens.


in http://www.internetsegura.pt/pt-PT/Noticias/actualidades/ContentDetail.aspx?id=274

Assiste às Transmissões em Directo no dia 10 Fevereiro


No dia Europeu da Internet Segura, dia 10 de Fevereiro, serão feitas duas transmissões via Internet (Vídeo difusões), a partir das instalações da Equipa RTE-PTE, (Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular) para todas as escolas, sobre a temática da Segurança na Internet e a Linha Alerta.
Terão lugar, uma de manhã, às 10h, e outra às 15h da tarde. Cada sessão durará cerca de 30 minutos.

Este é o link ( http://videodifusao.crie.min-edu.pt/ ) para onde devem direccionar o navegador (browser).
Poderá ser vista:- na página Web referida no post,ou no - Windows media player directamente em: mms://wms.fccn.pt/seguranet(copiar o link inteiro, incluindo mms, e colar no Windows Media Player)


Conheces os 10 Mandamentos do Jovem Internauta?
Boa leitura e reflexão.

Os 10 Mandamentos do Jovem Internauta


Navegar na Internet é bom, mas cuidado com os perigos!!!

1. Sê prudente, não sabes o que está por trás do ecrã do computador;
2. Não digas o teu nome, nem a tua idade;
3. Nunca divulgues a(s) tua(s) password(s);
4. Quando estiveres no chat, desconfia sempre de quem está do outro lado;
5. Não dês o teu endereço, número de telefone, ou outro tipo de dados pessoais;
6. Nunca envies qualquer foto tua;
7. Nunca aceites propostas de encontro sem informar os teus pais;
8. Não acredites em todas as informações que recebes;
9. Não respondas a e-mails que te ofendam;
10. Se alguma foto te perturba, sai do site e avisa os teus pais.


Consulta os sites do separador INTERNET SEGURA - Sê um Internauta informado!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Autor do Mês


José Mauro de Vasconcelos
O meu pé de laranja lima
1ª edição 1968

O meu pé de laranja lima é da autoria de José Mauro de Vasconcelos (Brasil, 1920-1984). O livro narra-nos a história de Zézé, um menino de seis anos, pobre, inteligente e sensível. Não encontrando na família e nas pessoas que o rodeiam o afecto de que necessita, Zézé entrega o seu amor às pequenas coisas, mas em especial a Xuxuruca ou Minguinho, o seu pé de Laranja Lima, que se torna o seu grande confessor, amigo e companheiro de brincadeiras.



quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

João Manuel Ribeiro | Um Escritor com histórias em ponto de contar



No âmbito do Plano Nacional de Leitura e em parceria com o Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares da Biblioteca Municipal de Coimbra, João Manuel Ribeiro visitará as Bibliotecas Escolares do 1º Ciclo do nosso Agrupamento de Escolas, durante a Semana da Leitura, a decorrer de 2 a 6 de Março.

João Manuel Ribeiro, nasceu em Oliveira de Azeméis, em 1968.

É licenciado em Teologia e Mestre em Teologia Sistemática pela Faculdade de Teologia do Porto, da Universidade Católica Portuguesa, com uma tese sobre "Um Itinerário da Modernidade em Portugal - A Evolução Espiritual de Antero de Quental".
Fez pós-graduação em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
Nesta mesma Faculdade prepara tese de doutoramento em Ciências da Educação sobre “A Poesia na Escola – Organização do Ensino e Compreensão da Literariedade”.

Recentemente tem-se dedicado à escrita para crianças, acompanhando tal processo com um trabalho de dinamização da literatura em Escolas Básicas do 1.º Ciclo e colégios, quer através de oficinas de escrita criativa, quer através de encontros onde diz poesia.

Para crianças publicou os seguintes livros: Estrela e Príncipe da Paz (2005), O Encanta Pardais Voador (2006), O Natal do Ratinho Daniel e outros versos (2006), Rondel de Rimas para meninos e meninas (2008), A Menina das Rosas (2008), (Im)Provérbios (2008), Poemas da Bicharada (2008), Um, dois, três - Um mês de cada vez (2008).

Publicou ainda alguns livros de poesia: Regras do mel e da flor (2002), Amores quase perfeitos e outras arritmias (2002), Livro de Explicações (2003), a circulação precoce dos relâmpagos (2007).

Vamos ouvir e ver alguns excertos da obra (Im)Provérbios contada pelo próprio autor?
http://static.publico.clix.pt/fotogalerias/letrapequena/improverbios.aspx


Não te esqueças de visitar também o blogue que levará a outras viagens pela sua obra!
http://andancasdopoeta.blogspot.com/2008/08/andanas-de-joo-manuel-ribeiro.html

Janeiro - Ilse Losa

Ilse Losa

Ilse Lieblich Losa, escritora portuguesa de origem alemã e de ascendência judaica, nasceu a 20 de Março de 1913, em Bauer, uma cidade perto de Hanover. A primeira infância foi passada com os avós paternos. Frequenta o liceu em Osnabrük e Hildesheim e o Instituto Comercial em Hanover.
Em 1930 está em Londres onde toma conta de crianças durante um ano. De regresso à Alemanha e devido à sua condição de judia é perseguida pela Gestapo e tem de abandonar o seu país, refugiando-se em Portugal onde chega em 1934, radicando-se no Porto. Casa com o arquitecto Arménio Losa e adquire a nacionalidade portuguesa.
A sua obra inclui romances, contos, crónicas, trabalhos pedagógicos e literatura para crianças.
Paralelamente à sua actividade de escritora desenvolveu outras ocupações quer no domínio da tradução, quer como colaboradora em jornais e revistas, alemães e portugueses, de que salientamos o Jornal de Notícias, o Comércio do Porto, o Diário de Notícias, Neue Deutsche Literatur, entre outros.
Ilse Losa está também representada em várias antologias de autores portugueses, tendo ela própria colaborado na organização e tradução de antologias de obras portuguesas publicadas na Alemanha. Traduziu do alemão alguns dos mais consagrados autores.

Em 1984 recebeu o Grande Prémio Gulbenkian, pelo conjunto da sua obra para crianças.

Em 1998 recebeu o Grande Prémio de Crónica, da APE (Associação portuguesa de Escritores) por À Flor do Tempo.

Retirado do site:
http://www.mulheres-ps20.ipp.pt/Ilse%20Losa%20.htm

Ilse Losa dedicou-se um pouco mais à literatura infantil e escreveu vários livros, mas destacaram-se os seguintes livros: “Rio sem Ponte”, “Sob Céus estranhos”, “ À Flor do Tempo” e a crónica de viagem: “ Ida e Volta – À procura de Babbitt”.

Em 6 de Janeiro de 2006 faleceu no Porto.


O primeiro romance que publicou chama-se “O mundo em que Vivi” que retrata o ambiente de guerra, vivido, ainda em criança, na Alemanha. A nossa BE tem disponível no seu fundo documental este livro, recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o programa de português do 7º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada na sala de aula.


Informação organizada por
Clube dos Amigos da Biblioteca
Rui Pancas

Louis Braille | Bicentenário do Nascimento

2009 | Ano Internacional da Astronomia



Ano Internacional da Astronomia avizinha-se repleto de iniciativas (in Ciência Hoje)

2009 será o Ano Internacional da Astronomia e promete ser "repleto de eventos, apesar da crise", numa organização que envolve mais de 130 países, adiantou à Lusa o coordenador global da iniciativa, Pedro Russo, Prémio «Especial» seeds of Science.
O Ano Internacional de Astronomia (IYA 2009), promovido a nível mundial pela União Astronómica Internacional (IAU), tem o apoio da UNESCO e pretende celebrar os 400 anos da primeira utilização do telescópio para observações astronómicas por Galileu, estando para já envolvidos mais de 130 países. “O meu papel como coordenador global do IYA 2009 é dar enquadramento aos diversos coordenadores nacionais, que são os que realmente vão fazer com que as coisas aconteçam no terreno, mas também com os 'media-partners' e os diversos institutos e agências espalhados pelo Mundo”, explicou o responsável.
“A astronomia já vive anualmente de palestras e de acções concretas com as comunidades, mas com esta iniciativa queremos mostrar uma perspectiva global de colaboração internacional na comunicação de ciência ao público em geral”, referiu Pedro Russo, para quem “este ano será de facto especial”.
Alguns projectos satélites têm vindo a ser preparados ao longo deste último ano, como o Portal Global de Astronomia, previsto para Janeiro, mas que provavelmente só estará online em Março. “Esse portal é direccionado para o público geral, mas será especialmente interessante para os jornalistas, porque a ideia principal é agrupar todos os comunicados de imprensa, imagens, vídeos e animações, que vão saindo por vezes diariamente, de uma maneira fiável como numa agência de notícias”, salientou o astrónomo planetário. “Será igualmente, uma espécie de páginas amarelas de toda a comunidade astronómica cientifica”, disse.
Pedro Russo começa todos os dia a trabalhar por volta das 7:30 e quando repara que o dia já lhe tomou bastante tempo, ainda se lembra - porque faz questão de trabalhar assim, afirma - que do outro lado do Mundo “há gente a acordar, e que espera receber uma resposta do coordenador mundial para o IYA 2009”, tentando por isso minimizar o tempo de resposta que a preparação deste projecto obriga.
Uma espécie de 'Magalhães' da astronomia
Outra iniciativa que foi desenvolvida a pensar no IYA 2009, o Galileu Scope, é uma espécie de 'Magalhães' da astronomia, um telescópio que vai estar disponível para escolas, planetários e centros de ensino em todo o Mundo por cerca de oito euros. “Para além de um telescópio de observação, será um instrumento de descoberta, para ensinar física astronomia ou óptica, numa sala de aula, como ferramenta didáctica”.
A coordenação global do IYA 2009 é apoiada financeiramente pelas diversas instituições ligadas à astronomia, bem como pela UNESCO, estando naturalmente dependente da situação económica geral. “Temos sentido a nível das comissões nacionais, indicadores, de que houve alguns cortes a nível de financiamento na divulgação e educação da ciência, pelo que se vão reflectir em alguns programas”, reconheceu Pedro Russo, mas em contrapartida, "curiosamente", a União Europeia aumentou o investimento em ciência e tecnologia para a Agência Espacial Europeia, para os próximos anos em cerca de 15 por cento.
Globalmente vão acontecer iniciativas “quase diariamente” em vários pontos de cada país, estando a abertura oficial programada para o dia 15 de Janeiro na sede da UNESCO em Paris, onde “estarão representadas mais de 100 delegações dos diversos países, algumas personalidades e cerca de uma centena de licenciados em astronomia”, salientou.
Em Portugal, a abertura oficial do IYA 2009 está agendada para o dia 31 de Janeiro, na Casa da Música, no Porto, com um espectáculo da Orquestra Clássica do Porto, que irá tocar algumas “peças inspiradas em motivos astronómicos”, referiu o coordenador global do Ano Internacional de Astronomia.
in Ciência Hoje
04-01-2009