quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Poesia

Poesia
O presente

Vamos dar um presente,
Mas a quem será?
Achas que é um pente,
Se calhar a uma pessoa má!

Vamo-lo abrir,
Estou muito curiosa!
Vai nos fazer rir
Será uma coisa espantosa?

É um palhaço,
É muito engraçado.
Tem um laço,
Mas é um pouco malhado.

Ele fugiu,
Vamos atrás dele
Ouvi-o a rigir,
É ele!


Até é carinhoso,
E muito brincalhão.
É amoroso,
Mas muito trapalhão!

Gosta de pão,
E de feijão.
É muito ralhão,
E um espertalhão!

Sem comentários: